Gestão Contábil – Custo

É o preço pago para um bem ou serviço. Um custo correto no negócio se constitui nos dias atuais como um fator de sobrevivência do negócio.

Gasto relativo à bem ou serviço utilizado na produção de outros bens e serviços.

Na linguagem contábil e gerencial, custos são tratados como os gastos da fábrica.

O custo é também um gasto, só que reconhecido como tal, isto é, como custo, no momento da utilização dos fatores de produção (bens ou serviços, para a fabricação de um produto ou execução de um serviço).

De acordo com (Eliseu Martins), a matéria-prima foi um gasto em sua aquisição que imediatamente se tornou investimento, e assim ficou durante o tempo de sua Estocagem: no momento de sua utilização na fabricação de um bem, surge o Custo da matéria-prima como parte integrante do bem elaborado. Este, por sua vez, é de novo um investimento, já que fica ativado até sua venda.

A energia elétrica é um gasto, no ato da aquisição, que passa imediatamente para custo (por sua utilização – rateio da fábrica), sem transitar pela fase de investimento. A máquina provocou um gasto em sua entrada, tornando investimento (ativo) e parcelamento transformando em custo, via Depreciação, à medida que é utilizada no processo de produção de utilidades.

Texto adaptado por Gustavo, com base no livro – Gestão Contábil (Prof. Volnei Ferreira de Castilhos).

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s